sexta-feira, 18 de maio de 2012

Juramentos


 Juramentos
Deus pede que tomemos a sério as nossas promessas. A Bíblia diz em Levítico 5:4 “Se alguém, sem se aperceber, jurar temerariamente com os seus lábios fazer mal ou fazer bem, em tudo o que o homem pronunciar temerariamente com juramento, quando o souber, culpado será numa destas coisas.”
Deus leva a sério as nossas promessas e quer que as cumpramos. A Bíblia diz em Provérbios 20:25 “Laço é para o homem dizer precipitadamente: É santo; e, feitos os votos, então refletir.”
Jesus realça a importância de manter a nossa palavra. A Bíblia diz em Mateus 5:37 “Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; não, não; pois o que passa daí, vem do Maligno.”
Devemos levar a sério os votos que fazemos a Deus e cumprir-los imediatamente. A Bíblia diz em Eclesiastes 5:4-5 “Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos. O que votares, paga-o. Melhor é que não votes do que votares e nao pagares.”
O voto matrimonial é permanente. A Bíblia diz em Mateus 19:5-6 “E que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne? Assim já não são mais dois, mas uma só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário